terça-feira, 19 de abril de 2011

Oxum no Candomblé

Divindade calma veste-se sempre com cores claras, de preferência amarelas que é a sua cor consagrada; porém, dependendo da qualidade, Oxum guerreira pode vestir-se na cor rosa, Oxum velha de branco e azul claro; Oxum Ijimu, por exemplo, usa uma saia azul claro, òja e adé cor de rosa. Oxum leva na mão direita seu leque ritual, o abebé de latão ou qualquer outro metal dourado, com uma sereia, um peixe ou até mesmo uma pequena pomba no centro.
Qualidades de Oxum no Candomblé:
- OXUM ABALU (AGBA ILU): é a mais velha de todas, e chefe das mulheres. Maternal, avó amorosa é uma mulher que tem numerosos filhos e netos. Mas é bastante severa e autoritária. Usa azul claro. E abèbé
- OXUM IJIMU (ou AJÍMU, ou JIMU): é outro tipo de Oxum velha. É a mãe de todas as Oxuns. Veste-se de azul claro ou cor de rosa. Leva abebé e seus colares são feitos de contas de cristal amarelo escuro. Representa um tipo semelhante à Abalu, mas talvez mais meiga.
IYA OMI: é a Oxum saudada no xirê, também idosa. É aquela que faz as perguntas a Exú no jogo divinatório de Ifá.
- OXUM ABOTO ou OXOGBO: é muito jovem e vaidosa, que usa colares de contas de louça amarelo claro. Feminina e coquete, ajuda as mulheres a terem filhos.
- OXUM APARÁ: É a Oxum mais jovem, e um tipo guerreiro que acompanha Ogum (ou Xangô) vivendo com ele pelas estradas; dança com ele quando se manifestam, juntos numa festa; leva uma espada na mão e pode vestir-se de cor de rosa.
- OXUM AJAGURA: outra guerreira que leva espada, jovem, casada com Aganjú, rival de Iansã. Representa um tipo semelhante à Apará; Apará parece, porém mais agressiva, e Ajugura mais orgulhosa.
- YEYE PETU:  é guerreira.
YEYE OKE: é, provavelmente, a mesma que Yeye Loke, é muito guerreira.
- YEYE ONIRA: é guerreira.
- YEYE OLOKO: vive nas florestas.
- YEYE MERIN ou IBERIN: é feminina e coquete.
YEYE PONDÁ (ou OXUM YPONDÁ): é também uma guerreira, casada com Oxóssi Iboalama, mãe de Logun Edé. Yeye Pondá é a verdadeira Oxum Ijexá que veio de Ijexá ou de Ipondá. Vive na mata com o marido, leva uma espada e veste-se de amarelo ouro. É desconfiada, astuta, observadora e intuitiva.
YEYE ODO: é a Oxum das fontes e dos perdões; talvez seja a mesma que Íyá Mi Odo ou Iya Nodo (um tipo de Yemanjá).
YEYE OGA: é uma Oxum velha e rabugenta.
YEYE KARÉ: é um tipo de Oxum mais velha, autoritária, guerreira e agressiva.
- OXUM Ê WUJ Í: é uma Oxum maternal e generosa, saudada no pàdé.
- YEYE AYÁLÁ ou IYANLÁ: é a avó que foi mulher de Ogum.

Um comentário:

  1. Eu adorei seu blog, é muito interessante.
    Muito Axé pra ti.

    ResponderExcluir